(...) ainda assim
por mais que não queira
pensar

... no vazio
em que me deito...

Prefiro a loucura da paixão
... à sabedoria da indiferença!

20 comentários:

Anônimo disse...

Que linda imagem.....Foi um impulso que me levou a deixar-te esta mensagem.

Só hoje é que te encontrei....

Vou passar por aquí mais vezes

ninodomar

daniel disse...

Coisapouca

A indiferença e o pior desprezo que pode dedicar a alguém!
Beijos
Daniel

Shadow disse...

Também prefiro a loucura da paixão!

Bjs,
Shadow

P.S. imagem linda

littledragonblue disse...

Os momentos de paixões, são momentos que jamais esqueceremos, porque a paixão alimenta a alma.
Também sinto esse desejo às vezes, é natural.
Um beijinho meu

mundo azul disse...

...realmente, qualquer coisa é melhor que a indiferença!

Lindo poema!

Beijos de luz e o meu carinho...

Marta Vasil disse...

A indiferença faz morrer, muitas vezes, a loucura da paixão. Ou talvez não...

Lindo poema, com palavras de "paixão" desenhadas com muita "sabedoria". Não consegui ficar indiferen(ça)te.

MV

Esmeralda disse...

E que não prefere??
Doi tanto, doi mesmo muito a indiferença.

beijocas

João Videira Santos disse...

Uma só palavra como comentário: Lindo!

João Videira Santos disse...

Em linguagem simples um texto de afirmação na voz do sentir. Gostei.

Menina do Rio disse...

É a loucura da paixão que nos redime da sabedoria da indiferença...

Um beijo

ZeManel disse...

Paixão, um estado de espírito tão excepcionalmente delicioso quanto de temporário...
Seria concerteza insubstituível se a loucura que lhe está subjacente pudesse durar para sempre, mas não pode!
Bjs

gasolina disse...

Tanto dizer, tão simples dizer em tanto sentir.

Coisa pouca? Ou pouca coisa? Ou o barulho do combóio sobre os trilhos da vida...

Um beijo.

Santhiago Ramirez disse...

Eu também prefiro. Desde que com Nietzsche aprendi que é melhor ser sátiro que ser santo, incrível, tirei um peso incrível dos ombros.
Adorei sua forma de se expressar, rica e linda.
Beijos carinhosos

Secreta disse...

A loucura da paixão , sempre! A indiferença doi demais.
Beijito.

Anônimo disse...

e tens muito bom gosto parabens pelas imagens que sabiamente escolhestes e pelas tuas palavras.

Nina

Sentir disse...

aqui há sempre palavras e sentidos que fazem um bem...

bjos!

João Videira Santos disse...

Como sempre, as imagens que "vestem" as palavras são o nú dos sentidos...

Andreia Lopes disse...

Bendita indiferença! **

Adrielly Soares disse...

Também prefiro a loucura da paixão.

Dias disse...

Cool

Beijo