Eu sou o eco do que fui, o sufoco do choro que chorei, eu sou sal que derramo e marca trilhos profundos na minha face, eu quem sou?, nem eu sei, sou uma aragem que passa e nada deixa de lembrança, serei a partida sem despedida, então serei a lembrança porque parti.

Comentário profundo feito por alguém anónimo a um dos meus posts no impulsos... e que achei demasiado belo para ser votado ao abandono do esquecimento numa qualquer gaveta virtual.

2 comentários:

Barbara disse...

amigo(a)Maravilhoso seu espaço...
me apaixonei pela musica...não consigo saber qual é...gostaria do nome dela; tem como? Reconheço a voz...mas...:(
Obrigado

impulsos disse...

Bárbara
A música é de Porter e chama-se: Surround me with your love

O link para o vídeo:

http://www.youtube.com/v/xz88YoWUdeU&hl=pt_PT&fs=1&hd=1&amp

Obrigado!

Beijo