"... como uma bola colorida,
nas mãos de uma criança..."

É assim o meu mundo...
Tão belo...
Tão frágil...
... na palma das minhas mãos!

2 comentários:

Dias disse...

Os Mundos solidos tendem a tornar-se aborrecidos... mas também não ouso olhar tão longe como as crianças, já não sei.

Beijo

ana poeta. disse...

Algo a dizer...

As nossas fragilidades camuflam-se em nossos sonhos que podem escapar pelos dedos em apenas alguns segundos.


Beijos Poéticos.
;**