Ousei gritar
Mas o som não saiu...


Ficou preso na garganta
A cúmplice do silêncio...

Não me queixo
Nem esmoreço

Amanhã
Ou depois...
Quem sabe...
Tentarei de novo!

Um comentário:

Dias disse...

Desde que vás ousando sempre...

Abraço grande